MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews 2017: 1581809
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Webcasts MVP IT ShowCast 10/12/2013

Amanhã continuamos com a programação do MVP IT Show Cast com as apresentações da track Cloud & Datacenter onde irei apresentar com o Rafael Bernardes.

A primeira sessão será sobre as opções de rede e storage para datacenters modernos:

image

Increva-se pelo link: https://msevents.microsoft.com/CUI/EventDetail.aspx?EventID=1032572438&Culture=pt-BR&community=0

A segunda apresentação será sobre as novas tecnologias introduzidas pelo Windows Server 2012 R2:

image

Increva-se pelo link: https://msevents.microsoft.com/CUI/EventDetail.aspx?EventID=1032572440&Culture=pt-BR&community=0

Analisando Performance com o Server Performance Advisor 3.0

Neste post irei abordar o uso do SPA, como instalá-lo e quais as informações que retornam para auxiliar o administrador de sistemas.

Esta ferramenta recentemente atualizada para Windows 2012 esta disponivel em http://msdn.microsoft.com/en-us/library/windows/hardware/hh367834.aspx#Download_the_SPA_3_software

Instalação

Ao executar o aplicativo será criada a pasta com os binários e arquivos de configuração do SPA, como a imagem abaixo, onde deverá ser executado o SPAConsole.exe para efetuar a instalação:

13-03-2013 13-30-51

A instalação não cria qualquer banco de dados ou instala SQL Express ou outro, mas apenas instala os binários necessários a execução do aplicativo. Toda a configuração é realizada na primeira execução, ao criar os projetos.

Criando Projetos de Análise

Ao abrir o SPA crie um projeto, o que define o banco de dados para guardar os dados de servidores análisados. Abaixo a tela de configuração do projeto:

13-03-2013 13-31-15

13-03-2013 13-31-46

Na sequencia podemos escolher quais os pacotes que serão analisados, podendo ser Hyper-V, IIS e Windows Server Core:

13-03-2013 13-32-22

Na sequencia definimos os servidores que serão analisados, sendo que pode-se acrescentar ou remover servidores posteriormente, apenas editando o projeto. Note que para cada servidor será criada uma pasta que compartilhada onde o SPA irá gravar dados e utilizar para as métricas:

13-03-2013 13-34-41

13-03-2013 13-35-19

Executando as Análises

O proximo passo é executar as análises, escolhendo os pacotes de monitoração desejados:

13-03-2013 13-35-00

13-03-2013 13-35-08

Durante a execução das análises será mostrado uma tela de acompanhamento, que pode demorar um longo tempo, tanto em virtude do numero de servidores como também a quantidade de dados em cada um dos pacotes de análise selecionado:

13-03-2013 13-35-23

Terminada a execução, vemos um dashboard com os principais dados alertados em cada um dos pacotes de análise desejado:

13-03-2013 13-53-05

Analisando os Dados Coletados

Como pode ser visto na imagem acima, ao lado de cada servidor e pacote analisado é possivel visualizar o relatório individual. São relatórios muito bem apresentáveis e com detalhamento de cada item que foi analisado.

Por exemplo, abaixo vemos o relatório do CoreOS onde temos as notificações de alertas, detalhes da configuração, dados de CPU, memória, disco e rede. Note que as guias de dados contem os detalhes da análise, enquanto a guia de notificações resume os problemas encontrados com sugestões de como resolver o gargalo encontrado:

13-03-2013 13-53-15

Alem da guia de notificações, em cada uma das guias de dados analisados é possivel comparar com análises anteriores no botão Actions >> como o exemplo abaixo onde estariamos comparando relatórios de rede anteriores:

13-03-2013 13-54-34

Outra forma de visualização de dados é utilizando gráficos de performance. Para isso clique no botão ao lado de cada pacote de análise e escolha o periodo que será utilizado para o desenho dos gráficos:

13-03-2013 13-54-54

Muito similar aos dashboards do System Center Operations Manager, o SPA monta gráficos permitindo escolher entre todos os contadores analisados e sumarizados:

13-03-2013 13-55-11

Após selecionar o periodo e os contadores, o gráfico pode ser visualizado como sumário geral, por dia da semana ou horário do dia em cada uma das 3 guias.

13-03-2013 13-56-33

Conclusão

Com este aplicativo simples e funcional é possivel que administradores tenham uma visão detalhada da performance dos servidores, comparar com análises anteriores após fazer as correções e atualizações, e por fim apresentar dados de forma consistente quando necessário justificar investimentos na área de TI.

Posted: abr 10 2013, 22:36 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Tamanho de setor em HDDs novos influi em imagens e performance

Hoje recebi um email da HP referente ao meu notebook que informa a necessidade de incluir nas imagens um KB da Microsoft ou então mudar a formatação mesmo em Linux!!!

O documento está anexado no post, mas a explicação é, no minimo, intrigante. Eu fiquei impressionado de saber que não foi divulgado que este problema existe de forma mais extensiva e não foi disponibilizado no Windows Update.

O problema é que a industria de HDDs mudou o tamanho dos setores de 512 bytes para 4 Kbytes e simplesmente não avisou os fabricantes que otimizam o chipset e BIOS para trabalhar com blocos de 512 bytes, o que pode gerar uma lentidão de absurdos 300% na performance, principalmente do Windows XP ou SOs mais novos quando instalados por imagem.

Vale a pena ler, mesmo que você não tenha um equipamento da HP já que o KB982018 http://support.microsoft.com/kb/982018 se aplica a qualquer equipamento.

HP White Paper 4kb sector.pdf (454,56 kb)

Posted: dez 24 2010, 12:02 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Hardware | Windows

Microsoft Performance Guidelines

A Microsoft possui uma lista de documentos contendo interessantes dicas e customizações que podem ser realizadas para melhorar ou tirar a máxima performance dos seus sistemas operacionais.

Por exemplo, o documento Performance Tuning Guidelines for Windows Server 2008 R2 contem mais de 90 páginas com dicas e indicações de compras e tecnologias para Hyper-V, files servers, database servers, SAP, etc. Elas valem tanto para Windows 7 quanto Windows 2008 R2.

Além deste documento para quem utiliza o Windows Vista ou Windows 2008 (sem o R2) utilize o documento Performance Tuning Guidelines for Windows Server 2008 que contem mais de 80 páginas com o mesmo teor do anterior.

Para conhecer todos os documentos acesse http://www.microsoft.com/whdc/system/sysperf/default.mspx.

Posted: ago 30 2010, 00:16 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 7 | Windows 2008

Performance de discos externos eSATA x USB 2.0

Em um post do mes passado (http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Comprando-direto-da-China-(coisas-que-valem-a-pena-!!!)-Case-HD-e-Adaptador-para-e-Sata.aspx) falei sobre uma loja chinesa que vendia produtos direto para o brasil.

Muitos me mandaram email sobre se realmente a porta eSata é tão boa quanto eu havia comentado no post. Pois bem, em primeiro lugar gostaria de relembrar que eSata é uma saida Sata real e não emulada, portanto igual a que você tem em um desktop e um notebook.

Mas como sempre existem os céticos que dizem "ahhhh, duvido...", segue um gráfico de performance gerado pelo HWInfo32 (http://www.hwinfo.com/index.html) e notem que o disco que utilizei nos testes, um Seagate Sata de 250 GB de 2.5" (notebook) em um case que tem as portas USB e eSata que comentei no post acima.

 Gráfico de Performance do disco utilizando USB 2.0

 Gráfico de Performance do disco utilizando porta eSata (SATA-II)

Como você pode ver, a performance é quase 3 vezes maior de um discos eSata em relação a um USB, de 20.09 MB/s para 75.53 MB/s em leitura sequencial, o que é impressionante, porque o meu disco permanente do notebook tem a leitura de 78.40 MB/s.

Posted: mar 27 2010, 15:35 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Hardware
Login