MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Resumo de 2012–Ano de Muitos Lançamentos e Trabalho a Comunidade

O ano de 2012 foi um dos mais agitados para a comunidade Microsoft com lançamentos em todas as linhas de produtos. Este foi o ano em que me afastei de vez da área de desenvolvimento e foquei definitivamente na área de infraestrutura, principalmente em gerenciamento de Datacenter com Windows Server e System Center.

Eventos em 2012

Logo em Janeiro recebi um prêmio do time de produtos System Center Operations Manager para participar o MMS 2012, evento focado em gerenciamento que ocorreu em Las Vegas no mês de Abril. Recomendo a todos que tiverem oportunidade de participarem este ano que será de 18 a 22 de Abril (http://www.2013mms.com/). O edição de 2012 foi especial, pois o lançamento do System Center 2012 ocorreu no primeiro dia do evento, o que deixou todos eufóricos. Um resumo do evento e o link para baixar as apresentações e as gravações das palestras (GRATUITO!!!) estão relacionados em http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/MMS-2012e28093Novidades-Importantes-e-Assista-o-Evento-Online.aspx

Em Abril recebi o convite para participar pela segunda vez de um evento do SQLPass, desta vez o #127 que ocorreu no Rio de Janeiro. Neste evento apresentei o conteudo sobre como garantir performance máxima do hardware e storage http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Palestra-no-SQL-Pass-Saturday-RJ-em-14Abr.aspx

No mes de Maio foi a vez do lançamento do System Center 2012 no Brasil, com um grande evento em que eu e o Marcio Tadashi da Dell apresentamos a solução implementada de SCCM 2012 no Hospital Albert Einstein http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Case-do-Hospital-Albert-Einstein-de-SCCM-2012e28093Evento-de-Lancamento-do-System-Center-2012.aspx

Em Novembro foi a vez do evento oficial de lançamento do Windows 8 no Brasil onde mais uma vez a Microsoft me convidou para participar com a palestra sobre Deployment do Windows 8 no Via Funchal. Evento de alto nível, mais uma vez http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Apresentacao-sobre-Deployment-do-Windows-8-no-Evento-de-Lancamento-Tecnico.aspx

Durante o mes de Novembro e Dezembro participei de uma iniciativa do time de MVPs que foi o MVP IT Show Cast (http://mvpitshowcast.wordpress.com/), uma série de 45 eventos. Os meus eventos deixei todos disponiveis, incluindo o presencial no canal do Youtube http://www.youtube.com/user/MMS0018888

Ainda em Dezembro apresentei a palestra “Saiba mais sobre Storages, NAS, SAN, FC e IOPS e escolha o melhor para cada cenário” no MCT Summit, encontro de todos os MCTs do Brasil http://www.mctsumm.it/Pages/Agenda.aspx

Em vários eventos pelo ano pude apresentar palestras no EBC da Dell para clientes sobre as novidades do Windows Server 2012, focando principalmente em virtualização.

MVA – Microsoft Virtual Academy

Durante o ano fui responsável pela organização de diversos cursos no MVA, que é um centro de treinamento oficial da Microsoft em diversos produtos:

Artigos e Destaques

No mês de Abril recebi o convite da Microsoft, por meio da agencia de publicidade, para criar conteudos relevantes sobre System Center 2012 e Private Cloud, alimentando o portal MIVP (Most Influential Virtualization Professional).

Este conteudo está todo disponivel por meio de artigos no portal MIVP sob o subtópico System Center http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/7533.portal-mivp-most-influential-virtualization-professional-pt-br.aspx?ocid=soc-n-br-loc

Mais uma vez a Microsoft criou uma campanha para gerar conteudo, desta vez com o nome “Windows Server League” onde 10 profissionais irão falar sobre o Windows 2012, e eu fui um dos selecionados: http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Lancamento-da-Campanha-Windows-Server-League.aspx

Certificações e Reconhecimentos

O mais importante do ano foi em Outubro recebi novamente o título MVP (Microsoft Most Valuable Professional), o que me alegra muito por ser um diferencial profissional de criação de conteudo na comunidade técnica http://mvp.microsoft.com/profiles/sincic

Mas também foi um ano de diversas certificações:

  • MCT – Microsoft Certified Trainer: Completei 12 anos como MCT em 2012
  • MCSE: Private Cloud (Microsoft Certified Solution Expert) – Envolve virtualização e System Center 2012 para gerenciamento de Datacenters
  • MCSA: Windows 2012 (Microsoft Certified Solution Associate) – Especialista em Windows 2012
  • MCITP: Virtualization Admin (Microsoft Certified IT Professional) – Especialista em Virtualização envolvendo Hyper-V, VDI e RDS
  • ITIL v3 Practioner – Atesta o conhecimento de procedimentos ITIL no gerenciamento de TI

Em 2012 por duas vezes recebi reconhecimento pela contribuição ao time de System Center, premio de influenciador pelo time de Data Protection Manager e o prêmio final com a viagem ao MMS 2012 pelo time de Operations Manager.

Alem disso, fico feliz que por 3 vezes fui reconhecido pelas contribuições no TechNet Wiki:

Estatisticas

Fiquei muito feliz pelo número de acessos ao meu site em português (http://www.marcelosincic.com.br)

Blog

Este ano fui surpreendido pelo número de visitas ao meu site transliterado para o inglês (msincic.wordpress.com) onde nos ultimos meses obtive quase o mesmo número de acessos que o meu blog principal em português:

Visitas WP

Conclusão

O ano de 2012 foi agitado pelo número de produtos lançados, mas ainda estamos começando a trabalhar com muitos deles.

Este ano de 2013 promete ser um ano de muitas novidades, portanto espero mais uma vez corresponder ao que a comunidade espera e gerar cada vez mais conteúdos relevantes!

Posted: dez 31 2012, 19:05 by msincic | Comentários (4) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

MVA sobre MAP (Microsoft Assessment Planning and Toolkit)

Hoje foi disponibilizado mais um treinamento no MVA que pude participar.

O MAP é uma ferramenta que não só faz o inventário de um ambiente com Windows, Linux, Oracle, MySQL e outros. Ele analisa os dados e permite saber quais migrações estão viáveis ou não gerando planilhas Excel com dados analíticos e relatórios de proposta em Word completas.

Assista e entenda melhor esta ferramenta: https://www.microsoftvirtualacademy.com/tracks/migrando-ambientes-com-map

image

Posted: dez 21 2012, 17:04 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 8 | Windows 2012

WMF 3.0 Causa Problemas com Exchange e SCCM

Em um post anterior comentei que para administrar um servidor Windows 2008 R2 com o Server Manager do Windows 2012 (http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Monitorando-Servidores-Windows-2008-R2-com-o-Windows-2012-Server-Manager.aspx) bastava instalar o Windows Manager Framework 3.0 (WMF 3.0).

Recentemente o WMF 3.0 passou a ser oferecido como opcional no Windows Update.

Porem, agora surgem avisos de que ele causa alguns comportamentos indesejados no Exchange 2007/2010 e SCCM 2012, com isso é bom verificar se o produto instalado no servidor será afetado. Os dois produtos estão confirmados, mas existem muitos relatos em foruns de problemas com scripts para SharePoint e .NET

Ou seja, pelo que é possivel entender o WMF 3.0 afeta o funcionamento do IIS e aplicações que utilizam o IIS e .NET ficam comprometidas.

Windows Management Framework 3.0 on Exchange 2007 and Exchange 2010

Configuration Manager Management Points collocated with clients fail after installing Windows Management Framework 3.0 and running Client Health Evaluation

Gravação da Palestra Gerenciando Private Cloud com System Center 2012 no MVP IT ShowCast na PUC

Na palestra de sábado, focamos o System Center de forma diferente. Ao invés de abordar todos os produtos e o cada um deles faz, o foco foi centralizado nas capacidades que são utilizadas em gerenciamento de Private Clouds, por exemplo, no SCCM cobrimos as funcionalidades de DCM e Software Update, já que as outras não são utilizadas em escala significativa para Private Cloud.

 

Private Cloud com System Center 2012 no MVP ITShowCast

Novo Microsoft Virtual Academy: Visão geral do Windows 2012

Hoje foi disponibilizado mais um curso no MVA da Microsoft com a visão geral do Windows 2012 separado em 7 módulos.

Neste novo MVA tive o prazer de trabalhar novamente com o Leandro Carvalho e o Prof.Andre Luiz

Clique aqui e complete mais um curso!   http://www.microsoftvirtualacademy.com/tracks/visao-geral-do-windows-server-2012 

image

Posted: dez 10 2012, 22:27 by msincic | Comentários (2) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 2012 | Treinamento
Login
Marcelo de Moraes Sincic | All posts tagged 'file server'
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Azure File Sync–Otimizando seu File Server e Storage

Duas aplicações mais consomem storage em ambientes de TI:

  • Banco de dados – Por conterem dados analiticos e indexados podemos utilizar tecnicas de drill down para separar os dados analiticos dos dados resumidos facilitando o acesso e otimizando custos
  • File Server – Ao longo dos anos as empresas acumulam milhares de arquivos, o que custa caro e raramente é agrupado ou tierizado

Tierização: Tecnologia onde os dados são separados conforme regras de performance em discos mais caros ou mais baratos. Por exemplo, arquivos pouco usados ficam em discos SATA, arquivos com acesso ocasional em discos SAS e arquivos que são acessados diariamente em discos SSD.

Vamos abordar como utilizar o Azure File Sync para criar uma tierização dos dados em um File Server para permitir que arquivos mais acessados fiquem localmente guardados e os mais antigos apenas em nuvem.

Cenários Frequentes

O primeiro cenário é o de diminuir o tamanho total de espaço ocupado por arquivos antigos.

Nesse caso utilizamos as configurações de data do arquivo e espaço livre desejado para diminuir o espaço em disco que o File Server ocupa, liberando para uso com outras necessidades.

O segundo cenário é servidor de arquivos distribuidos, onde em cada filial da empresa é necessário ter um servidor para acessar os dados.

Nesse exemplo todos os servidores replicam a mesma pasta, o que não cria problemas de saturação local, já que o cache é apenas dos arquivos recentes e controlado pelo percentual desejado de espaço livre a ser mantido.

Componentes do Azure File Sync

  1. Storage Account – Um storage virtual onde os dados serão armazenados
  2. File Share no Storage Account – Pasta dentro do Storage Account para receber os arquivos que serão enviados
  3. Azure File Sync Service no Market Place – É o serviço e deve ser habilitado, diferente de outros serviços nativos. Porem, apesar de estar no Market Place o AFS não tem um custo, trata-se apenas da inclusão de um serviço
  4. File Sync Service – É o serviço no painel do Azure onde podemos criar os grupos, incluir os servidores e configurar storage
  5. Registered Services (servidores) – São os servidores que serão sincronizados, onde os arquivos estão armazenados e servirão de cache
  6. Sync Group – Forma a lista de servidores que irá receber a cópia dos arquivos a serem copiados e dar acesso aos arquivos em qualquer localidade

Criando um Storage

Esse é o primeiro passo e bem conhecido de quem já utiliza o Azure, uma vez que para tudo precisamos de um storage.

armazenamento

Para usar o AFS não é necessário qualquer configuração adicional, você poderá escolher qual região, tipo de storage e replicação que melhor se aplique ao seu ambiente. Obviamente algumas coisas precisam ser levadas em conta:

  • O tipo de conta envolve a performance maxima e irá afetar tanto o download quanto upload quando os usuários utilizam os arquivos
  • Replicação é importante se você terá servidores em várias localidades/paises
  • Camada Hot or Cold envolve a performance diretamente e tambem o custo, já que o acesso é bem lento em discos Cold e não recomendaria para uma solução como essa

Na sequencia é necessário criar o File Share para onde os arquivos irão quando sincronizados, e o conceito é o mesmo de um servidor comum:

compartilhamento

Quando sincronizado, os arquivos irão aparecer primeiro na pasta Sincronization e depois na pasta principal como podemos ver abaixo.

syncstaging

Files Sync

Lembrando que as duas telas acima se referem a sincronização já finalizada, a primeira para ver os arquivos sendo copiados e a segunda quando a primeira sincronização já finalizou.

Habilitando o Azure File Sync

Procure no Marketplace pelo Azure File Sync ou Serviço de Sincronização do Azure em portugues:

mktplace

mktplace-2

Nesse momento pode-se optar por utilizar um Resource Group existente ou um novo, não importando em qual Resource Group o Storage foi criado, uma vez que ele pode ter varios outros serviços atribuidos.

Criando o Serviço de Sincronização

A criação do grupo de sincronização é bem simples, bastante indicar a assinatura, storage e a pasta compartilhada definida anteriormente.

Servico

grupo sincronizacao

Registrando Servidores de Arquivos

Você poderá indicar servidores:

  • Novos servidores que não tenham arquivos e incluí-los em um grupo já sincronizado para que ele sirva de cache dos arquivos que já estão na pasta compartilhada do Storage no Azure
  • Servidor com dados onde o conteudo será copiado para o Azure e acrescentado

O primeiro passo é instalar as bibliotecas PowerShell do Azure (AZ) no servidor, o que pode ser feito seguindo os passos na página https://docs.microsoft.com/pt-br/powershell/azure/install-az-ps?view=azps-2.6.0&wt.mc_id=4029139

Após ter o Azure CLI instalado, baixe e instale o Agente de Sincronização que é muito simples de ser feito.

AZFAgente

registerserver

Após isso, já será possivel ver o servidor no painel do Azure:

serverregistrado

Nesse passo não é necessário configurações nem qualquer definição adicional, já que se trata de uma operação simples de agente.

Criando o Endpoint (Servidores Cache)

Aqui é onde realmente criamos o serviço e vemos a mágica acontecer!

Entrando dentro do grupo de sincronização que criamos anteriormente e usar a opção Adicionar ponto de extremidade ou Add Endpoint para incluir o servidor no grupo que criamos.

Extremidade

Vamos ver as opções que estão listadas:

  1. Caminho – É o diretório que queremos que fique sincronizado, lembrando que se estiver vazio para um grupo já existente ele irá baixar o conteudo conforme for sendo utilizado. Se for um servidor que já contem arquivos, esses serão carregadso para o Azure.
    Importante: Não é possivel usar a unidade root (C:) e sim um disca parte por conta dos arquivos de sistema.
  2. Percentual livre no volume – Não definimos quanto irá ser usado para cache e sim quanto de espaço no volume deverá ficar livre. Pode parecer um calculo invertido mas não é por conta de outros arquivos que o mesmo disco contenha. Por exemplo, se o volume é de 100GB e contem outros arquivos totalizando 40GB e definirmos que queremos deixar 50% do disco livre, apenas 10GB será usado pelo cache (50% de 100GB=50GB sempre livre) e conforme o uso de outros arquivos aumentar que não sejam sincronizados, menos irá ter espaço para o cache.
    Dica: Por conta dessa dificuldade, prefira utilizar um volume dedicado para fazer o File Sync
  3. Cache apenas de arquivos acessados ou modificados a x dias – Vimos que temos a opção de preservar um percentual do disco. Mas e se arquivos antigos ocupam muito espaço não irá adiantar muito. Nesse caso do meu exemplo qualquer arquivo com mais de 60 dias irá automaticamente para o Azure e será deletado no disco do servidor, ganhando espaço livre mesmo que o percentual de cache ainda esteja disponivel.

Painel

Ao finalizar essa configuração já é possivel acompanhar a sincronização clicando no servidor:

Server sync

Assim que sincronizado, podemos usar os paineis de metricas abaixo da tela para criar alertas quando ocorrerem erros ou distorções:

Metricas

No meu exemplo posso utilizar uma regra que se o numero de arquivos sincronizados for maior que 100 para upload no intervalo de 15 minutos pode ser uma alteração em massa causada por uma cópia indevida ou mesmo um malware.

Posted: ago 28 2019, 19:29 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 5/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login